CAMINHADA DA JOANINHA

Jane's walk para crianças 

A Caminhada da Joaninha é uma versão voltada para crianças de um movimento que acontece no mundo inteiro intitulado Jane’s Walk. Em um belo dia de sol, saímos juntos com os pequenos e seus respectivos pais para apreciar e desbravar a cidade, promovendo a interação entre a comunidade através de uma conversa descontraída sobre os espaços públicos.

O primeiro Jane’s Walk foi realizado em 2007, em Toronto, em homenagem à grande jornalista e ativista Jane Jacobs. Sua defesa sempre foi de que os pedestres são os olhos da rua e que por isso, devemos integrá-los da melhor forma ao desenho das cidades. Com o objetivo de atentar a todos a respeito das condições para o pedestre na cidade, surgiu o Jane’s Walk. A estimativa é de que as caminhadas já tenham sido realizadas em mais de 100 cidades e 25 países.

A experiência coletiva faz com que seja possível absorver o ambiente em que se vive não somente a partir de uma percepção individual, mas também através de uma observação compartilhada.  Como a proposta tem tudo a ver com movimentar e ocupar o bairro, o MOB trouxe a ideia para Brasília, mas com um temperinho especial na receita: crianças.

Essa fofa categoria de cidadãos, tem um olhar muito apurado e livre de preconceitos, além de serem o futuro das nossas cidades. Nada melhor do que incluí-los nessa reflexão sobre o ambiente em que se vive, buscando a formação de cidadãos mais conscientes de seu papel enquanto coletividade. 

Ao longo da caminhada são definidos 5 pontos de parada e em cada um deles uma atividade especialmente desenvolvida é proposta com o intuito desenvolver habilidades urbanísticas diversas. Venda nos olhos para escutar e sentir a cidade, brincadeira no parquinho abandonado, gincana para aprender a separar o lixo de casa, curativos urbanos para cuidar dos machucados da cidade, e muito desenho e pintura. No final, as crianças recebem a medalha de guardião da cidade, fazendo o juramento de cuidar e zelar pelos espaços públicos.

A primeira Caminhada da Joaninha aconteceu na Superquadra Sul 210, uma quadra típica da concepção modernística original da cidade. Na segunda edição, a joaninha pousou no Guará, uma cidade do Distrito Federal com características urbanas completamente diferentes do Plano Piloto. O vôo mais recente da Joaninha foi pelo Gama, outra cidade do quadradinho.

 

Cada uma delas com suas especificidades, e com percepções muito plurais que são compostas tanto pelas visões que o espaço público traz às crianças, quanto pelas surpresas que o somatório dos diferentes encontros podem proporcionar. A caminhada da joaninha é uma atividade que pode acontecer em qualquer cidade, pois para existir precisa simplesmente de crianças, cidade, e olhares atentos. 

Se passarmos a desenvolver diariamente uma percepção mais minuciosa para com a cidade, descobriremos quantas coisas boas poderíamos estar desfrutando e o quanto podemos contribuir para que esse desejo coletivo seja real.  O estado de conservação de um espaço público é apenas um reflexo de como o enxergamos.

A Caminhada da Joaninha ganhou um prêmio no I Encontro de Urbanismo Colaborativo em novembro de 2016 em Curitiba na categoria Conscientização e Formação Cidadã. Além disso, o projeto foi selecionado para exposição na XX Bienal de Arquitetura y Urbanismo do Chile em outubro de 2017.

Tanto reconhecimento mostra a importância da educação urbana desde já. As crianças são o futuro, precisamos investir nisso!

1ª edição

superquadra plano piloto

maquete exposta na xx bienal do chile

prêmio recebido no 1º encontro courb

2ª edição da caminhada no guará, df

1/1

2ª edição

guará, DF

1/2

3ª edição

gama, df

1/2

© 2020 por MOB