O AVESSO DE BRASÍLIA AO AVESSO:

o guia colaborativo do Conic

Projeto de Eduarda Aun

Nos diálogos estabelecidos por meio de questionários e de entrevistas com figuras-chave do Conic, o que se percebe é por um lado um medo e um certo preconceito em relação do Conic e por outro, uma tentativa de combatê-lo. Ainda que a polícia considere o Conic como um dos lugares menos violentos da zona central, existe ainda a imagem de um lugar inseguro e marginalizado na cidade, principalmente para aqueles que não frequentam o Conic no dia-a-dia. Isto pode ser justificado pelo pouco conhecimento que se tem do lugar, ou pela imagem disseminada pelos veículos de comunicação nos últimos anos. 

 

Em virtude desta problemática, surge a ideia de criar um Guia de Bolso do Conic, que conte com imagens e conteúdo sobre a sua história, desde a concepção por Lucio Costa às apropriações atuais; além de dicas de quem frequenta o Conic e memórias de quem o frequentou. O guia é colaborativo, elaborado em conjunto para valorizar a diversidade do Conic, resgatar a sua memória e disseminar a imagem do Conic hoje,  virada ao avesso. 

 

Na compra do Novo Guia de Brasília, você ganha um exemplar do guia do Conic. 
 

© 2020 por MOB