A vila que reinventamos, por Caio Fiuza

4 May 2017

O estudante Caio Fiuza, orientado pela professora Liza Andrade, está realizando como trabalho de conclusão de curso em Arquitetura e Urbanismo, um projeto participativo que busca propor melhorias para o assentamento da Vila Cultural, que fica no Setor de Embaixadas em Brasília. A Vila Cultural comporta mais de 100 famílias. Muitas moram ali há cerca de 40 anos.

A convite dele, o Coletivo MOB vem acompanhando o trabalho desde janeiro, visando aplicar juntamente à comunidade a dinâmica participativa conhecida como Jogo Oásis, desenvolvida pelo Instituto Elos.

Jogo Oasis é uma ferramenta de apoio à mobilização cidadã para a realização de sonhos coletivos. Composto por voluntários e a comunidade, o jogo considera uma definição ampla de comunidade que envolve diversos atores, como moradores, ONGs, governo local, lideranças e empresas. Concebido para ser de uso livre e praticado de forma totalmente cooperativa, para que todos, juntos, realizem algo em comum, o Oasis propõe regras que permitem a vitória de todos, sem exceção.

Assim, o MOB pôde acompanhar de perto a grande revolução que aconteceu de janeiro a maio na Vila Cultural. A perseverança, atenção e cuidado da facilitação do estudante foram definidores para a criação da conexão e do diálogo necessários para que sonhos coletivos pudessem nascer da comunidade.  Logo, toda a Vila se viu motivada a transformar seus espaços comuns e principalmente suas relações de troca.

Após muitas dinâmicas, conversas, lanches, música, dança e alguns conflitos prontamente contornados, a Vila conseguiu se unir para a construção de uma nova pracinha, que comportou ainda um parquinho, áreas de convívio, horta comunitária, espaço para fogueira, lixeiras, bancos, e muito amor. Além disso, foi possível recuperar ainda a área dos containers de lixo com pintura, plantação de árvores frutíferas, e criação de uma composteira coletiva.

O mérito é todo da comunidade da Vila Cultural que conseguiu se mobilizar, com a ajudinha de um excelente facilitador como o Caio Fiuza, e transformar um sonho comum em realidade.

O MOB agradece imensamente ao estudante e aos moradores por todos os ensinamentos e pela partilha de conhecimentos que só foi possível quando estamos dispostos a nos conectar e a fazer a diferença onde vivemos.

Acreditamos que o processo participativo é mais do que necessário, afinal, podemos ser arquitetas, urbanistas, psicólogas, sociólogas, nós só poderemos transformar os lugares, transformando pessoas. Cabe a nós olharmos nos olhos, para que seja possível enxergar os sonhos que habitam em cada lugar. Não percamos essa vontade de transformar, movimentar e ocupar nossos bairros.

Viva a Vila Cultural!

Para quem quiser conhecer mais sobre o projeto, é só clicar aqui.

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

MOBilize! Mutirão na Praça do Reggae

22 May 2019

1/6
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square

© 2020 por MOB