Movimentando e ocupando o Conic

27 Apr 2016

Na semana de 13 a 16 de abril, o MOB participou do festival INSPIRA BRASÍLIA, uma iniciativa do Movimento Nossa Brasília, para discutir o tema Direito à Cidade. Realizado em parceria com o Inesc, o Movimento Dulcina Vive e Grito das Periferias, o evento propunha a reflexão sobre como construir uma cidade mais justa, democrática e cidadã em um dos lugares mais emblemáticos do Plano Piloto, também conhecido como Conic

 

Dentre a programação, que contou com shows, teatros, diálogos, oficinas, exposições e feiras, estava o convite para ocupar e resgatar a vocação cultural dessa área central de Brasília, há pouco esquecida e ignorada pelas autoridades locais. Desde o começo do ano, o Dulcina Vive tem encabeçado este movimento de ocupação e revitalização do Centro Cultural Dulcina de Moraes, como ponto propagador dessa grande transformação que está acontecendo no Conic como um todo.

 

Num contexto de fechamento de bares, casas de show e estabelecimentos culturais, em favor de uma "Lei do Silêncio", o Setor de Diversões Sul aparece como a salvação e a salvo das reclamações dos vizinhos das superquadras. Pensado por Lucio Costa  como o centro de lazer e entretenimento da capital, o setor está finalmente se recompondo, e mais importante, sendo ocupado e apropriado pela população. 

 

O movimento Dulcina Vive, junto a produtores culturais e outros coletivos da cidade estão se mobilizando e promovendo a ocupação do espaço por meio de uma programação cultural semanal que começa às quarta-feiras e se estende ao final de semana. A ideia é reverter os lucros dos eventos para a melhoria do espaço físico e aos poucos, mudar a cara do Conic. Ou melhor, valorizar a cara que já tem: de um lugar democrático, subversivo e de muita diversidade sociocultural. 

 

Foto de Camilo Neres

 

O MOB colaborou com o evento, promovendo a oficina de mobiliário urbano e revitalização da cantina da dona Toinha, na Faculdade Dulcina. Na tarde do dia 13, a oficina reuniu mais de 30 pessoas, entre funcionários, estudantes e entusiastas para trazer mais cor à área de convivência. Nossa intenção era mostrar  que com muito pouco - desde objetos encontrados no cemitério de móveis da faculdade até itens baratos e pouco convencionais - podemos mudar e (re)viver um espaço. O bacana foi reunir pessoas que utilizam a cantina no dia-a-dia, que puderam fazer parte do processo e se sentir parte da transformação, algo que o MOB preza em todas as suas intervenções. A manutenção dos espaços vem a partir desta identifcação e do sentimento de pertencimento.

 

E isto é algo que pode e deve ser replicado nos espaços públicos. Podemos transformar a nossa cidade com as nossas próprias mãos e devemos zelar por ela, como extensão da nossa casa. Espaço público implica, também, que o espaço é nosso, e aí entra o tal direito à cidade, discutido no evento. 

 

Aos poucos e com a ajuda de muitos, o Conic está se tornando este espaço de agregação de pessoas, ideias e cultura e o Dulcina Vive tem um papel cultural incrível. O MOB está aqui para apoiar e reforçar o recado para toda a cidade: MOBilize-se. 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

MOBilize! Mutirão na Praça do Reggae

22 May 2019

1/6
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square

© 2020 por MOB